Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008
Usemos as Nossas Diferencas; Os Pelourinhos!
Pelourinho de Algodres.

Dentro de um principio que tenho referido, de que e nas diferencas, que se deve apostar para captar interesse e, dando valor a sondagens postas a circular por blogues de meus conterraneos, que aqui tenho divulgado e, podem ser encontrados nos meus "links", de que e no turismo que se deve apostar. Vou hoje referir-me a uma area, que em meu dever devia ser melhor explorada, pois e algo que nos temos e que creio devera ser quase unico a nivel nacional!

Tanto quanto tenho conhecimento, o concelho de Fornos d'Algodres, sera provavelmente o unico em todo o pais, que em tao reduzida area territorial, tem tantos pelourinhos: Seis!

Ora esta singularidade, deveria ser mais divulgada nos roteiros turisticos, criados e a criar. E mais ainda, porque a quase totalidade deles e original, datando dos seculos XV e XVI, (a excepcao e Fornos e, mesmo esse ainda conserva pedras originais) e, conservam-se no local em que foram implantados. ( aqui a excepcao e Figueiro, que hoje com a construcao na nova variante a estrada nacional 330, ate deveria ter corrigida a sua localizacao, devendo ser implantado novamente na praca, de onde nunca deveria ter saido!)

O ter tantos pelourinhos, indica que desde epocas medievais, continuando pela epoca moderna e ate ao ano de 1836, estas terras eram regidas pelos "homens bons"; (a democracia daqueles tempos) portanto cidadaos livres, nao tendo nunca aqui existido, nenhuma sugeicao por senhores donatarios, embora tivessem havido alguns, (Soveral, Caceres, Abreu e Noronha) mas eles nunca tiveram perrogativas nem de justica, nem jurisdicao sobre o povo em geral.

Como nao poderia deixar de ser, comeco por apresentar-vos hoje o pelourinho de Algodres, o da "terra mae", desta sub-regiao!
publicado por dalgodres às 04:01
link do post | favorito
 O que é? |
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2008 às 06:30
Nas aldeias com pelourinho por onde já passei, verifiquei que junto aos mesmos, existem paineis informativos, com dados aquitectónicos. Portanto existe uma referenciação turística dos mesmos. Já nos roteiros turísticos que conheço, as informações sobre este assunto, são escassas.
Quanto a roteiros, parece-me que ao Concelho falta um verdadeiro "mapa de visitas", que aponta-se não só os locais e paisagens com interesse regional, mas também que servisse como compêndio histórico-arquitectónico da nossa Terra. Neste ponto, julgo que ainda pouco foi feito.
Curioso o facto de nenhuma das povoações com pelourinho, ter incluído este monumento no seu brazão heráldico, com a expecção de Casal do Monte que não tem brazão, como se pode observar no
[Error: Irreparable invalid markup ('<a [...] http://www.cm-fornosdealgodres.pt/idx_cn.htm>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Nas aldeias com pelourinho por onde já passei, verifiquei que junto aos mesmos, existem paineis informativos, com dados aquitectónicos. Portanto existe uma referenciação turística dos mesmos. Já nos roteiros turísticos que conheço, as informações sobre este assunto, são escassas. <BR/>Quanto a roteiros, parece-me que ao Concelho falta um verdadeiro "mapa de visitas", que aponta-se não só os locais e paisagens com interesse regional, mas também que servisse como compêndio histórico-arquitectónico da nossa Terra. Neste ponto, julgo que ainda pouco foi feito.<BR/>Curioso o facto de nenhuma das povoações com pelourinho, ter incluído este monumento no seu brazão heráldico, com a expecção de Casal do Monte que não tem brazão, como se pode observar no <A HTTP://WWW.CM-FORNOSDEALGODRES.PT/IDX_CN.HTM HREF="" REL="nofollow">web site do Município</A>.<BR/><BR/>Cump's<BR/>O anónimo
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. UM SANTO E FELIZ NATAL!

. Agregacao de Freguesias

. As maravilhas gastronomic...

. VI Jornadas da Etnobotani...

. Ideias de um louco, ou at...

. Outubro e Novembro, tempo...

. Teatro, Exposicao e Passe...

. Fornos de Algodres na Fei...

. Parabens a Escola Element...

. Este sera de certo, o fut...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.favoritos

. Bacalhau de Bruxelas.

. Ratzinger.

. No Estado, o absurdo não ...

. 50 anos.

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds