Segunda-feira, 5 de Março de 2007
A Filarmonica "FORNENSE"
Um dia destes irei debrucar-me um pouco mais sobre o seu historial, hoje so vou fazer um pequeno reparo.
Para quando a re-ativacao da "Banda Filarmonica Fornense"?
Uma banda que tanto realce e "nome", deu ao nosso municipio nos seculos XIX e XX, merecia que alguem lhe dedica-se algum amor!
Que tal o responsavel pelo "pelouro da cultura" da Camara, ou a Junta da Freguesia, o Centro Cultural Recreetivo e Desportivo, ou, ou!!!
Dos meus conterraneos, que estam mais perto dos acontecimentos, gostaria comentarios e ideias acerca da "nossa Banda"!
publicado por dalgodres às 04:19
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
8 comentários:
De Alexandre Lote a 5 de Março de 2007 às 06:02
Amigo Al Carodoso, frequentei a banda de fornos durante 8 anos...posso dizer que passei na banda momentos fantasticos da minha juventude e sempre foi um orgulho representar o concelho por esse pais fora. Chegámos a ser mais de 40 fornenses a tocar na banda, acontece que com o passar dos anos, os jovens da nossa terra foram perderam o interesse pela banda, uma vez que era necessário acordar muito cedo e também porque os nossos jovens são cada vez mais comodistas...

Sinceramente eu julgo que se queriam reactivar a banda, em primeiro lugar é necessário um excelente maestro, e eu conheço uma pessoa que apesar de estar mais ligada ao jazz talvez pudesse ser a chave para o relançar do sucesso da nossa banda...Um rapaaz que é de algodres e a quem nós chamamos de "Quim", que para alem de excelente musico é uma excelente pessoa...cumprimentos, alexandre lote
De Luis Almeida Pina a 5 de Março de 2007 às 08:44
Bravo, Xandinho, que bem resumido, disse o porquê da nossa banda estar como está, só acrescento mais, ela era a Banda da Casa do Povo, que não sei porquê foi dali retirada sem mais nem porquê, tinha uma óptima sala de ensaios, que deixaram de servir, de um dia para o outro, e por fim veio o seu fim, será que em Fornos de Algodres só á interesses que a nossa juventude se distraia nos cafés?
Um abraço
De al cardoso a 5 de Março de 2007 às 12:41
Seria muito bom que alguem que possa resolver esta situacao passa-se por aqui, eu tambem creio que a razao da banda ter deixado de existir e precisamente a falta de um bom maestro, alem disso, e devido a obrigatoriedade de actividades extra curriculares na escola devia ser ai que deviam iniciar-se na musica, ai e que deviam ir buscar os novos alunos.
Por aqui existem bandas nas escolas e, os alunos nelas incluidos sentem-se muito bem la, o meu filho que o diga!
De eduardo a 5 de Março de 2007 às 14:12
Uns tempos perdido, outros ocupado, julguei que o amigo Cardoso se tivesse deixado destas coisas dos blogs.

Por portas e travessas lá consegui reencontrá-lo e já estou a actualizar a leitura.

Um abraço.
De O Micróbio II a 6 de Março de 2007 às 05:12
Não há quem dê música para esses lados?... :-)
De Anónimo a 6 de Março de 2007 às 12:02
Um dos nossos exilibris! Dá pena a falta de continuação! Puco a pouco e esta terra vai perdendo a alma e a banda de certeza que fazia parte dela. Quando a sugestão do Alexandre em relação ao "Quim", basta vero exelente trabalhar que ele está a fazer com a orquesta juvenil das beiras.
De asn a 6 de Março de 2007 às 13:04
Este tema é similar a muitos outros do mesmo teor noutras localidades por esse país fora.
Então quando se tratava das antigas "Casas do povo", acabou-se com elas e, em sua subsitituição, o vazio.
Verdade seja dita que a Juventude também anda distraída com outras distrações, não é, amigos?
Um abraço
António
De CMatos a 6 de Março de 2007 às 18:11
Já há uns tempos que não lhe fazia uma vizitinha.
Cá por Mangualde, ainda se vão mantendo algumas: Vila Cova, Abrunhosa-a-Velha, Tibaldinho Lobelhe.
Força para as gentes de Fornos e que a banda ressurja.
Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. UM SANTO E FELIZ NATAL!

. Agregacao de Freguesias

. As maravilhas gastronomic...

. VI Jornadas da Etnobotani...

. Ideias de um louco, ou at...

. Outubro e Novembro, tempo...

. Teatro, Exposicao e Passe...

. Fornos de Algodres na Fei...

. Parabens a Escola Element...

. Este sera de certo, o fut...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.favoritos

. Bacalhau de Bruxelas.

. Ratzinger.

. No Estado, o absurdo não ...

. 50 anos.

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds