Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2006
GASTRONOMIA, Regional e original.
Embora com as novas tecnologias nao faca grande falta, aqui temos a localizacao de Fornos de Algodres. Fica a meio do caminho entre Viseu e a Guarda, pela nova A25.

Continuando a dar algumas dicas, para o que a meu ver deveria ser um verdadeiro desenvolvimento sustentado, para a nossa regiao serrana e alto-mondeguina, vou-me debrucar um pouquito sobre a gastrononia. Infelizmente dela pouco mais sei que saborea-la.


Em meu entender, uma das razoes que fazem as pessoas voltar a um sitio mais que uma vez, (estou a falar em turismo) e a originalidade e a diversidade, tanto paisagistica e patrimonial, mas tambem cultural e gastronomica.


Ora na area gastronomica, o "meu" municipio e possuidor e um patrimonio antigo e reconhecido, embora muitas vezes sem ser divulgado pelos proprios restaurantes locais. (havendo excepcoes honrosas, naturalmente)


Quem dos meus amigos leitores, ja ouviu falar do cabrito e do borrego assados no forno ao "modo de Fornos", nas batatas na "cacoila", (cedilha no segundo c) no esperregado de Fornos, na carne ao modo da feira, da murcela de Fornos, (unica de sabor) no nosso bacalhau a lagareiro, das chouricas e farinheiras, da sopa da matacao ou do natal, do cozido de carne com feijao e couves, etc, etc?


Isto para nao falar; nos peixinhos do rio, no queijo da serra, no requeijao, nos biscoitos, nas filhos e coscureus, no leite creme e arroz doce, (de sabor unico) nos folares ou bolos de azeite.


O que eu gostaria de ver, era os nossos restaurantes dedicarem-se a ter nas suas ementas pratos tradicionais, podendo e devendo haver entre eles um acordo, em que cada um deles se dedica-se a um ou dois pratos de referencia, sem terem que competir entre eles com os mesmos pratos.
Seria uma optima divulgacao da nossa terra, e uma referencia regional e ate nacional. Pois bifes com batatas fritas e coisas no genero, nao e necessario vir a Fornos para come-los.

Que tal se coloca-se-mos Fornos de Algodres, nos roteiros historicos, patrimoniais e naturais, mas e tambem, na area gastronomica!!!


Como ja escrevi algumas vezes; deviamos ser unicos e originais, nao necessitamos de ser melhor nem pior, nem mais nem menos que outros: SEJAMOS DIFERENTES, para ser-mos referencia.
publicado por dalgodres às 03:07
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006
O MEU PEDIDO e OS MEUS VOTOS
Este e o mapa do nosso municipio (vejam que aberracao!!!)



Ja teram os meus amigos reparado, que as causas que mais conseguem motivar-me sao aquelas que involvem, as criancas, os pobres, os velhos (sim assim mesmo) os invalidos e deficientes. Por isso queria pedir ao Jesus, (nao ao Pai Natal, que eu ainda sou do tempo em que ele nao existia) de quem se celebra um nascimento que seguramente nao foi nesta epoca do ano, que se concretiza-se este proximo ano, a conclusao uma obra no meu concelho natal.


Esta obra que estou a referir, e o CAO (Centro de Actividades Ocupacionais, para deficientes).


Ouvi esta semana o primeiro ministro, anunciar negociacoes com as camaras municipais, que deveriam ficar concluidas creio que em Maio, para financiamento de projectos na area social; lares, centros de idosos e de deficientes etc, etc.


Sei que o presidente do meu municipio tem conseguido, varias valencias para este concelho, que se encontrava desprezado pelos varios governos durante muito tempo, tambem sei que ultimamente se encontra no horizonte a perca de algumas das conquistas ultimas.


Como em qualquer negociacao, quando se perde por um lado deve ser para se ganhar por outro, por isso espero que nessas benditas negociacoes que se avizinham, a nossa camara consiga convencer o governo, da utilidade e necessidade da conclusao do CAO, mas tambem do Lar da Mesericordia e Centro de Cuidados Continuados, (antigo hospital) entre outras obras sociais.


Nesta altura do ano em que se pedem tantos presentes, estas sao as prendas que eu gostaria que o Menino Jesus, nos concede-se a nos forno-algodrenses!!!
publicado por dalgodres às 01:04
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006
" BOAS FESTAS!"
"d'ALGODRES"; historia, patrimonio e nao so!: BOAS FESTAS!
publicado por dalgodres às 08:57
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sábado, 16 de Dezembro de 2006
Agricultura Biologica! Porque nao?

Junto a vila de Fornos encontram-se belissimos terrenos, quem bem poderiam ser aproveitados para agricultura biologica, ou melhor ainda "termocultura"!!! (fotografia retirada do site municipalhttp://www.cm-fornosdealgodres.pt)
Ja aqui referi ha algum tempo atraz, em algumas ideias praticas para algum desenvolvimento da minha terra e nao so, que deveria existir um mercado diario ou bi-semanal, em que poderiam vender-se nao so o peixe e a carne fresca, (carne ja ha!) mas tambem productos horticolas, que deveriam ser biologicos, para fazer a diferenca dos habituais super ou mini mercados.

A agricultura biologica que comeca a impor-se cada vez mais nos paises "civilizados", nao e nem mais nem menos, a que os nossos antepassados fazim ha cem anos atraz, (ou ate menos)
acrescentadas com algumas tecnicas mais modernas, aprendidas ultimamente em bons estabelecimentos de ensino.

Entao continuando com as tais ideias que poderiam muito facilmente ser postas em pratica, aconselhava as gentes da nossa regiao a dedicar-se a este tipo de agricultura, pois pelo que tenho lido e ouvido e visto, continua com mercado nao so nos mercados e pracas e, lojas a productos naturais, como ate ja nas grandes superficies comerciais.

Portanto se ha mercado o que e necessario e produzir, felizmente temos por toda a nossa regiao, terrenos fertilissimos ao abandono, que podem muito bem ser rentabilizados com este tipo de agricultura, que para o ser tem que ser certificada. Entao que estamos a espera? Para a frente e que e o caminho, nao e so queixarmo-nos de que a vida esta mal.

Esta actividade poderia muito bem, ser um complemento para alguns salarios menos altos, e so uma questao de vontade de lutar contra as adversidades.

Ora digam-me la, se nao teria toda a utilidade o uso de tecnicos agricolas e florestais que existem na nossa autarquia, o apoio a actividades como esta?

Alem disso porque nao, com "honestidade", a constituicao de uma cooperativa para comercializar estes productos, seguindo exemplos da Espanha que muitos invejam mas nao copiam. Uma cooperativa ou associacao a funcionar com honestidade e competencia, tem muito mais probabilidade de sucesso que agricultores individuais!
Podem crer que os bolcos (ou as contas bancarias) dos que a esta actividade se dedicarem, iram sentir a diferenca, e o organismo humano que consumir este tipo de productos, vai agradecer com mais saude.
publicado por dalgodres às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006
O queijo "Serra da Estrela"
"d'ALGODRES"; historia, patrimonio e nao so!: FORNOS de ALGODRES "Terra do queijo Serra da Estrela"
publicado por dalgodres às 02:16
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006
FORNOS GARE, cooperacao intermunicipal ou estagnacao!
Fotografia de Fornos Gare com a estacao em primeiro plano (recolhida de site http://www.cm-fornosdealgodres.pt

Ja me tenho referido por varias vezes a possivel e desejavel, cooperacao entre os municipios, principalmente os vizinhos. Hoje vou-me referir a Fornos Gare, mais propriamente aos caminhos de ferro e sua estacao nesta povoacao.


Quando em fins do seculo XIX foi construida a linha do caminho de ferro da Beira Alta, inicou-se uma era de desenvolvimento concelhio e regional, centrada na estacao construida na Quinta da Costa, onde teve origem a povoacao de Fornos Gare. Aqui estavam centrados servicos de despacho de mercadorias e tansporte de passageiros, e esta estacao servia nao so os concelho de Fornos de Algodres e de Aguiar da Beira, como muitas freguesias dos concelhos de Celorico, Penalva, Gouveia e Mangualde. Tambem aqui tinham terminal varias "carreiras" de transporte de passageiros que tinham seus horarios conjugados com os comboios.


E tempo foi passando e devido a melhores ligacoes rodoviarias, ao inicio das ligacoes por autocarro entre as varias localidades nacionais e, a opcao de transportes de mercadorias quase exclusivamente em camioes. As estacoes de caminho de ferro deixaram de desempenhar o seu enorme papel de desenvolvimento regional, comecaram a definhar e a de Fornos de Algodres nao foi excepcao.


Mas foi a instituicao (util, digo eu) dos chamados comboios intercidades, que veio dar a machadada quase final a estacao de Fornos Gare.

Quando todos viam como o mais logico, que havendo uma so estacao entre a Guarda e Mangualde, ela deveria ser a meio caminho entre estas duas localidades e por conseguinte em Fornos, nao o decidiu assim a CP e tambem nessa altura nao houve nenhuma accao por parte da autarquia para o contrariar.


Ultimamente e ja com muito atrazo, a camara municipal la conseguiu a paragem de um destes comboios, em todo este processo notou-se uma enorme falta de uniao entre as varias autarquias. Porque existe sempre aquele dito: "se eu nao tenho, tu tambem nao podes ter".


Gostaria que em vez desta politica mesquinha, os varios autarcas se sentassem a discutir os interesses regionais para bem servir as suas populacoes, pondo de lado bairrismos excessivos para chegar a consencos em areas fundamentais como a saude, a educacao e os transportes.


Neste ponto e porque nos tempos actuais, e impensavel que comboios como os "intercidades" possam parar em todas as estacoes e apeadeiros, deveriam os municipios proximos desta estacao, central para uma vasta regiao, juntarem esforcos e exigirem a paragem de todos os comboios na estacao de Fornos de Algodres. E se a razao da nao paragem e o facto de Fornos nao ser cidade, vamos chamar a esta estacao "Fornos-Gouveia".


publicado por dalgodres às 01:49
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sábado, 9 de Dezembro de 2006
Fornos de Algodres: Terra do queijo "Serra da Estrela"
Judeus em Terras de Algodres: Terra do queijo "Serra da Estrela"
publicado por dalgodres às 01:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. UM SANTO E FELIZ NATAL!

. Agregacao de Freguesias

. As maravilhas gastronomic...

. VI Jornadas da Etnobotani...

. Ideias de um louco, ou at...

. Outubro e Novembro, tempo...

. Teatro, Exposicao e Passe...

. Fornos de Algodres na Fei...

. Parabens a Escola Element...

. Este sera de certo, o fut...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.favoritos

. Bacalhau de Bruxelas.

. Ratzinger.

. No Estado, o absurdo não ...

. 50 anos.

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds